Sony anuncia plano de substituição de baterias

A empresa japonesa Sony anunciou oficialmente, nesta terça-feira, um plano para o recolhimento de milhões de baterias de íon de lítio para computadores portáteis que podem superaquecer, o que fará seu lucro cair no ano fiscal de 2006. Segundo a empresa, a intenção é “garantir a satisfação do cliente e aliviar qualquer preocupação dos consumidores”.

O programa de substituição afeta “todas as baterias de computadores portáteis do mesmo tipo que (os fabricantes de computadores) Dell, Apple e Lenovo pediram para recolher” devido ao alto risco de superaquecimento. Isso significa que a Sony poderá ter de substituir gratuitamente 9,6 milhões de baterias, incluídas as destes fabricantes.

O programa anunciado prevê inicialmente a substituição de 3,5 milhões de unidades, não incluídas as baterias que Dell, Apple e Lenovo pediram para recolher. As baterias afetadas foram fabricadas entre agosto de 2003 e fevereiro de 2006.

Em entrevista coletiva, a Sony afirmou que esta crise não fará com que sua alta direção seja penalizada, em referência ao presidente-executivo da empresa, o americano Howard Stringer, e o presidente da divisão eletrônica, o japonês Ryoji Chubachi.