Artista japonesa da Bienal fala sobre suas obras

Confira a tradução:
Sou (Momoyo) Kaijima e faço um time chamado Atelier Bow-Wow junto com Yoshiharu Tsukamoto. Desta vez eu fiquei muito interessada pelas árvores do Brasil e resolvi criar uma obra ligando três árvores existentes ao lado do Prédio da Bienal de São Paulo por meio de pontes, criando um caminho que pode ser atravessado como se fôssemos macacos. Batizei essa obra de “Monkey Way (Caminho dos Macacos)”.

Além disso, propus outras obras como o “Jumbo Origami Arch”, que é um edifício feito de papel, e o “Mangá Pod”, que é um pequeno espaço onde cabem 1.200 livros. Venham visitá-las!

* Vídeo: César Hirasaki
* Tradução: Arnaldo Oka