Honda tentará estrear motor no próximo GP

A Honda não desiste de estrear o motor que usará em 2007 nessa temporada. Após levar os propulsores para Monza e ver duas unidades quebrarem, a equipe anunciou que seguirá com o plano no GP da China, que ocorrerá em 1º de outubro.

Depois de analisar as causas da dupla falha nos treinos livres na Itália, constatou-se que os defeitos foram na fabricação dos motores. “É uma boa notícia, porque isso nos dá a oportunidade de introduzir os novos propulsores o quanto antes”, destacou Nick Fry, chefe da escuderia.

A estratégia da Honda em desenvolver o novo motor tem lógica, pois a partir do ano que vem o desenvolvimento da peça será congelado, o que impossibilita qualquer mudança no motor.