Pedidos de máquinas no Japão caem 16,7% em julho

Os pedidos de maquinário do setor privado do Japão diminuíram 16,7% em julho com ajuste sazonal em relação a junho. Em relação a julho de 2005, a queda foi de 1,2%.

Essas encomendas, consideradas um indicativo dos gastos com bens de capital pelo setor corporativo nos próximos seis a nove meses, excluem as do setor naval e das empresas de geração de energia elétrica, consideradas voláteis.

A queda no mês de julho foi tida como a mais expressiva dos últimos 20 anos. Muitos economistas aguardavam um decréscimo da ordem de 5%.