Vôlei brasileiro encara o Japão no Grand Prix

Poupada pelo técnico da Seleção Brasileira feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, na partida contra a Rússia pela fase final do Grand Prix, a ponteira Mari, que teve um estiramento no músculo retoabdominal, ainda é dúvida para a partida contra o Japão sexta-feira 8. “Não queremos forçar. Se ela tiver condições de jogar, vai jogar”, disse o técnico.

Segundo o médico da delegação brasileira, Júlio Nardelli, a esperança é que a jogadora ainda dispute a fase final do Grand Prix. “A recuperação está sendo feita na base de fisioterapia e reequilíbrio muscular. Esperamos contar com ela ainda nesta fase final”, explicou.

A equipe brasileira soma dez vitórias e é a única invicta no torneio disputado na Itália. A vitória contra as japonesas assegurará uma vaga nas semifinais.