TV japonesa poderá transmitir o Pride

Além da chegada do novo ano, o Pride de 31 de dezembro poderá servir de palco para outra comemoração: a da volta do evento à TV aberta japonesa. O assunto vem sendo tratado como prioritário pelos dirigentes da Dream Stage Entertainment (DSE), preocupados com a menor exposição que o Pride vem tendo desde que ele deixou de ser transmitido pela Fuji TV.

Durante a reunião de regras do Pride Bushido 12, o presidente da DSE, Nobuyuki Sakakibara, disse quais são seus planos. “Estou empenhando a minha palavra para que o Pride de 31 de dezembro já volte a passar em cadeia nacional para o Japão”.

A Fuji TVE rescindiu o contrato de transmissão após as acusações de que a DSE estava envolvida com a máfia japonesa. Desde então, os dirigentes vêm lutando para desmentir as acusações.