Menino teria encomendado a morte da mãe

Um garoto de 16 anos que foi preso por conspirar o assassinato de sua mãe em Wakkanai (Hokkaido) disse que era atormentado por ela com constantes reclamações. “Minha mãe implicava com tudo. Ela era agressiva”, disse o menino, cujo nome não foi divulgado por ser menor de idade, a um colega. “Ela mandava eu estudar a todo tempo.” É a primeira vez que detalhes sobre a vida familiar foi revelada.

O garoto pediu a um amigo que matasse a sua mãe por 300 mil ienes, mas o dinheiro não chegou a ser entregue, e o amigo foi preso.

O menino também confessou que ficou aborrecido com o divórcio dos pais. A polícia desconfia que a relação do filho com a mãe piorou depois do divórcio, há quatro anos atrás. A polícia irá investigar os amigos e professores do garoto.