Japão consegue acesso às jazidas de urânio do Uzbequistão

O primeiro-ministro do Japão, Junichiro Koizumi, conseguiu hoje garantias de acesso às jazidas de urânio do Uzbequistão ao assinar um acordo com o presidente do país, Islam Karimov.

“O Uzbequistão está disposto a oferecer ao Japão suas matérias-primas, especialmente o mineral de urânio, para exploração”, assegurou Karimov após a assinatura da declaração, segundo a agência oficial russa Itar-Tass.

Koizumi, que chegou hoje de viagem ao Cazaquistão – a primeira de um alto funcionário japonês pela Ásia Central -, garante assim o fornecimento de urânio para as usinas nucleares japonesas.

Na segunda-feira, o chefe do Executivo japonês fechou um acordo similar no Cazaquistão, país cujas reservas de mineral de urânio (1,5 milhão de toneladas) estão entre as maiores do planeta.