Japão quer 40 mil carros movidos a biomassa ao ano

O governo japonês planeja colocar em circulação 40 mil carros ao ano movidos a biomassa. A matéria-prima da biomassa serão resíduos de madeira e o projeto oficial prevê a construção de cem estações distribuidoras do combustível nas regiões de Kanto e Kansai.

O Ministério do Meio Ambiente pedirá ao de Finanças um fundo de dez bilhões de ienes no Orçamento do próximo ano fiscal para financiar o projeto, que pode receber incentivos fiscais. O novo combustível, chamado “E3”, consiste em gasolina com 3% de bioetanol elaborado a partir de resíduos de madeira e será produzido em uma nova fábrica que está sendo construída na cidade de Osaka. A meta de produção é de 47.000 quilolitros ao ano.

Devido ao fato de que a biomassa é gerada a partir dos produtos agropecuários e florestais, os analistas ressaltam seu forte efeito redutor das emissões de dióxido de carbono, principal gás causador do aquecimento global.