Superávit comercial do Japão recua em julho

O superávit comercial japonês encolheu 0,2% em julho na comparação ao ano anterior, para 860 bilhões de ienes. A previsão dos economistas era de algo em torno de 980 bilhões de ienes. Em junho, o saldo positivo da balança comercial caiu 5,9%, mas avançou 33,8% em maio.

O petróleo mais caro e a forte demanda das companhias japonesas por aço e peças eletrônicas fizeram elevar as compras e acabaram por contribuir para o encolhimento do superávit.

As exportações subiram 14,2% em relação a julho de 2005 e as importações aumentaram 16,8%, registrando o 32º e o 29º mês consecutivo de alta, respectivamente.

As vendas do Japão para os Estados Unidos cresceram 13,8% em julho, com os embarques de automóveis saltando 33,5%. As exportações para a União Européia expandiram-se em 11,1% e as para a China tiveram acréscimo de 19,6% no período.