Mulher confessa ter matado marido

Uma mulher de 84 anos foi presa hoje na cidade de Himeji (Hyogo) por suspeita de assassinato de seu marido de 80 anos. Hanako Okamoto disse anteriormente que seu marido havia sido morto por duas pessoas que teriam invadido a casa do casal.

Hanako confessou o crime ocorrido em 11 de julho. Akira Okamoto foi morto por facadas e pancadas com um martelo. A mulher teria dito que os invasores teriam levado 4,6 milhões de ienes, mas atualmente a polícia acredita que o dinheiro continua lá. Hanako não disse porque teria matado o marido.