Pedidos de máquinas crescem 8,5% em junho

As encomendas de máquinas do setor privado do Japão, um indicativo do investimento corporativo, subiram 8,5% em junho em relação ao mês anterior. O índice em alta sucede uma baixa de 2,1% em maio. É a marca mais alta desde o atual ciclo de recuperação econômica, iniciado em fevereiro de 2002.

Esses pedidos excluem os das companhias de geração de energia e do setor naval, considerados mais voláteis. Pelo critério sem ajustes sazonais, houve elevação de 17,7 comparando-se a um ano atrás.

No segundo trimestre, as encomendas ampliaram-se em 8,9% em relação aos três meses antecedentes, o primeiro aumento em dois trimestres. Para o intervalo de julho a setembro, o governo japonês espera uma elevação de 4,9% nos pedidos do setor privado na comparação com os três meses anteriores.