Equipe Killer Bee está liberada para eventos do Shooto

A Organização do Shooto japonês suspendeu nesta semana a proibição da participação de atletas da equipe Killer Bee, de Norifumi Yamamoto, nos eventos da entidade. Os lutadores foram suspensos por causa da agressão ao médico Kenji Nakayama provocada por Yamamoto após a disputa do cinturão Middleweight.

Nakayama tratava de um corte no companheiro de equipe de Yamamoto, Akira Kikuchi, quando o lutador atingiu o médico por trás com um chute e o xingou. Yamamoto alegou estar revoltado porque o corte em Kikuchi havia sido provocado por um golpe ilegal de Shinya Aoki, vencedor da luta.

Apesar da suspensão da punição, Yamamoto continua sem poder lutar no Shooto. O lutador chegou a se desculpar com o médico, mas ainda não houve um pedido de desculpas oficial à Associação Japonesa de Shooto.