Polícia prende chinês que invadiu pista de aeroporto

A polícia prendeu um chinês suspeito de estadia ilícita no Japão após descobrir que seu visto havia vencido quando o homem foi retirado de uma das pistas do Aeroporto de Haneda (Tokyo) em 8 de julho. Jin Xian, de 22 anos, invadiu a pista e fez com que o aeroporto parasse de operar por duas horas.

Jin entrou no Japão em abril de 2003 com o visto de estudante e foi suspenso de continuar no arquipélago após o vencimento de seu visto em abril deste ano. Ele tinha um trabalho de meio período desde julho do ano passado em uma companhia de limpeza de aeronaves que presta serviços para a companhia aérea All Nippon Airways. A empresa para que Jin trabalhava não sabia que o visto havia vencido.

O Aeroporto de Haneda suspendeu pousos e decolagens por duas horas depois que o sistema de raios infravermelhos ter detectado Jin cruzando a pista sem permissão. O chinês respondeu que atravessava as pistas porque queria fazer exercícios próximo ao mar.