Mais dois casos de incêndios em aquecedores

O Ministério da Indústria anunciou nesta terça-feira dois casos de incêndios causados por aquecedores de banheiro. Os casos ocorreram em Osaka em junho e envolveram aquecedores produzidos pela Mitsubishi Electric e vendidos pela Inax.

Não houve feridos nos acidentes.

Em junho, o ministério lançou um relatório de 24 casos de defeitos em aquecedores produzidos pela Mitsubishi, Toto, Matsushita e Max que resultaram em incêndios. Defeitos na fiação foram a causa de todos os acidentes.

O ministério aconselhou o recall de 360 mil aquecedores produzidos pelas empresas.