Estudantes não têm pensamento lógico desenvolvido

Estudantes do chuugaku e do koukou não estão aptos a escrever textos lógicos ou explicar como resolver problemas matemáticos, segundo pesquisa do Instituto Nacional para Pesquisa em Políticas Educacionais. A pesquisa cobriu cerca de 37 mil alunos do quarto ano primário até o colegial e é a primeira do gênero feita pelo instituto.

O resultado mostra debilitações no pensamento lógico e matemático entre as crianças japonesas. A pesquisa mostrou que 61% dos quartanistas e 74% dos estudantes do koukou são capazes de expressar o que pensam, mas apenas 32% e 69% respectivamente consegue compor um texto utilizando uma ordem lógica.

O estudo também mostrou pouca habilidade em criar representações gráficas de eventos cotidianos, como por exemplo, descrever os passos de uma dança.