Membro da assembléia de Chiba se demite após cometer assédio sexual

Um membro da assembléia da província de Chiba acusado de assédio sexual se demitiu nesta sexta-feira. Keisuke Okada, 54 anos, molestou uma repórter do Asahi Shimbun em uma festa na cidade de Chiba em 30 de junho.

Okada saiu também do seu partido, o Partido Liberal Democrata.

O jornal enviou uma carta de protesto a Okada em 4 de julho. Ele respondeu com um pedido de desculpas ao escritório do jornal em Chiba nesta segunda-feira.

Redação Made in Japan Redação do site Made in Japan

Compre agora na Amazon

Seu Nome em Japonês

Cotações de Moedas

  • Dólar: R$ 5,1508
  • Euro: R$ 5,5902
  • Iene: R$ 0,0328
Fonte: BCB (24/05/2024)
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e produzir estatísticas de acesso de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.