Honda demonstra otimismo

Depois do sexto lugar de Rubens Barrichello nos Estados Unidos e a nona colocação do inglês Jenson Button no Canadá, a Honda acredita que pode realizar uma boa corrida no próximo fim de de semana, no Grande Prêmio da França.

“Voltamos à Europa encorajados por nosso desempenho em Indianápolis e otimistas com a possibilidade de carregá-lo para o Grande Prêmio da França”, declarou o diretor esportivo da equipe japonesa, o brasileiro Gil de Ferran.

O dirigente deixou evidente que a expectativa em relação ao desempenho do carro é grande. “Ele (o carro) é igualmente exigente para os pneus traseiros. Temos esperança de que os desenvolvimentos testados em Jerez (de la Frontera, na Espanha) nos tragam alguma melhoria de desempenho”, concluiu.