Embarcação destruidora de mísseis dos EUA chega ao Japão

Um moderno destruidor norte-americano de mísseis guiados atracou no Japão neste sábado, em meio ao crescimento das tensões na região provocada pelos testes com mísseis da vizinha Coréia do Norte. O USS Mustin aportou em Yokosuka (Kanagawa), que abriga a 7ª Base Militar da Marinha dos EUA, com 300 tripulantes designados para uma missão permanente na região, segundo informou a porta-voz da 7ª Base, Hanako Tomizuka.

O Mustin é um dos navios mais avançados da frota norte-americana. Segundo a porta-voz, a sua chegada ao porto japonês já estava previamente definida e não configura uma resposta à ação da Coréia do Norte. O Mustin e o Shiloh são equipados com sistemas de radares que empregam a tecnologia Aegis, elaborada para detectar e derrubar mísseis inimigos.

O sistema foi o instrumental usado na identificação dos mísseis disparados na quarta-feira. Os equipamentos caíram no Mar do Japão, aparentemente sem provocar estragos.