Ferran demonstra insatisfação com resultados da Honda

O brasileiro Gil de Ferran, diretor-esportivo da Honda, declarou que está insatisfeito com o desempenho da escuderia japonesa na Fórmula 1. A equipe, que prometia brigar pela ponta na pré-temporada, ocupa o quarto lugar no Mundial de Construtores e começa a ser ameaçada pela BMW Sauber.

“Não estou desfrutando do meu trabalho porque não estamos conseguindo deixar as coisas tão boas quanto eu gostaria”, declarou o dirigente.

A diferença da Honda em relação aos rivais está tirando a tranquilidade de Ferran. “Não estamos seguindo o ritmo de desenvolvimento dos adversários e não temos melhorado o carro e motor tanto quanto eles. Isso me preocupa e muito,” lamentou o brasileiro.