Assassina pede desculpas por estrangulamento de menino

Suzuka Hatakeyama, de 33 anos, pediu desculpas nesta terça-feira por matar uma criança de 7 anos em Fujisato (Akita). “Não tenho palavras para me desculpar por tirar a vida de um precioso membro de sua família”, disse Hatakeyama, se referindo a Goken Yoneyama, que foi estrangulado por ela em 17 de maio.

A Corte de Akita promoveu uma audiência para anunciar as razões de sua prisão, parte dos procedimentos formais da corte.

Suzuka foi presa no mês passado após confessar ter assassinato o menino enforcando-o com um cordão de kimono. Sua mãe também apareceu na corte em que Suzuka depunha, e também pediu desculpas pela filha.