Paciente com problema de coração morre por negligência em Gunma

Foi divulgado esta sexta-feira que um homem morreu de hemorragia em junho depois uma cirurgia mal-sucedida no Hospital Universitário de Gunma, em Maebashi. O cirurgião costurou por engano um cateter ao coração do paciente e rasgou o órgão enquanto tentatava remover a sonda.

A polícia começou a investigar o caso com suspeitas de negligência profissional resultando em morte depois de receber o relatório sobre o incidente.

O hospital disse ainda que o cirurgião já fez mais de cem operações em pacientes com problemas de válvula cardíaca, e em nenhuma delas houve nenhuma anormalidade.