Zico lamenta os oitos minutos contra a Austrália

A eliminação do Japão na Copa do Mundo foi sacramentada ontem, com a derrota de 4 a 1 para o Brasil. Mas para Zico, os “oito minutos mal jogados” contra a Austrália foram os responsáveis pela saída prematura dos japoneses da competição.

“Saímos da Copa naquela partida, não hoje. Podíamos administrar o resultado, prender mais a bola, mas não somos o Brasil. Não conseguimos isso e perdemos. Com isso, hoje chegamos intranqüilos, tendo de vencer diante de um Brasil tranqüilo, classificado, com jogadores querendo mostrar seu futebol”, analisou Zico na entrevista coletiva após o jogo.

Essa foi a última partida do brasileiro como técnico do Japão. “Saio daqui tranqüilo. Dei o meu máximo, agora espero conseguir um trabalho de treinador na Europa e continuar seguindo minha carreira”, destacou o treinador.