Agora, Zico declara que Brasil “não é um monstro”

Zico continua a incentivar os jogadores do Japão, na tentativa de mostrar que é possível vencer a seleção brasileira. Dessa vez, o treinador brasileiro declarou, nesta quarta-feira, que o Brasil “não é nenhum monstro”.

“Não vamos enfrentar nenhum monstro horrível. É uma equipe poderosa, mas, como profissionais que somos, representando o Japão, nunca devemos baixar a guarda enquanto houver uma mínima esperança”, declarou Zico.

Para ter chances de classificação, o Japão – que possui apenas um ponto – precisa de uma vitória sobre o Brasil pelo menos por dois gols de diferença.

Zico lembrou que o Brasil perdeu para a Noruega na Copa de 1998, quando já estava classificado. ¨Eles perderam porque relaxaram um pouco. O mesmo pode acontecer agora”, afirmou esperançoso.