Super Aguri tem objetivo modesto para o GP do Canadá

Os objetivos da Super Aguri para o Grande Prêmio do Canadá podem ser considerados bem modestos, se comparados aos da Renault ou Ferrari. Em Montreal, local da nona etapa do Mundial de Fórmula 1, Aguri Suzuki, chefe da equipe nipônica, quer repetir o que aconteceu em Silverstone, na Inglaterra: terminar a corrida com os dois carros na pista.

“Foi ótimo ver ambos os carros terminarem a corrida de Silverstone”, disse Suzuki, admitindo ter ficado preocupado quando Franck Montagny e Takuma Sato deixaram o último treino livre por problemas mecânicos. “Mas os mecânicos trabalharam rápido para termos o carro reserva pronto para a classificação, assim no carro do Takuma, que ficou pronto a tempo da corrida. Precisamos manter este ambiente e estou certo de que ambos os carros vão cruzar a linha de chegada em Montreal.”