Mulheres querem que homens dividam tarefas na criação dos filhos

Casais casados no Japão estão dispostos a ter mais filhos se os maridos se propuserem a executar certos papéis na criação deles, revela pesquisa do Instituto Nacional de Pesquisa de Populalação e Segurança Social. No entanto, mais de 80% dos cuidados com crianças ainda ficam a cargo somente das mulheres.

Segundo especialistas, o relatório mostra que a chave para combater a baixa taxa de fertilidade do Japão, que atingiu inédito 1,25 ponto em 2005, é a divisão de tarefas entre homens e mulheres.

A pesquisa é conduzida pelo intituto a cada cinco anos, desde 1993. Os resultados divulgados esta sexta-feira são referentes a sondagens feitas em julho de 2003 com um grupo de 7.800 mulheres casadas.