Batata-doce faz sucesso em Ginza

Batata-doce. Esse é o alimento do futuro na opinião do reitor da Universidade de Chiba, Toyoki Kozai. Além de crescer com pouquíssimo fertilizante, a batata-doce pode ser usada para a produção de álcool combustível e plástico biodegradável.

E mais: decompõe-se naturalmente por bactérias do solo. O tubérculo, visto como alimento de pessoas pobres, ganhou notoriedade e é vendido em lojas do bairro chique de Ginza, em Tokyo, assada com técnicas especiais ou recheadas com creme de amendoim.