Okinawa é a província com maior índice de desemprego

Relatório divulgado pelo ministério do Interior esta terça-feira aponta que Okinawa teve uma taxa de desemprego de 7,6% no período de janeiro a março, a mais alta entre todas as províncias japonesas. Fukui teve o índice mais baixo, de 2,3%.

No geral, a situação dos empregos no Japão melhorou. Fukui e outras províncias centrais registraram taxas de desemprego por volta dos 3%, enquanto Osaka e seus vizinhos do norte ficaram na marca dos 5%. Em Tokyo, a taxa registrada foi de 4,3%.