Objetos sagrados são remanejados no Palácio Imperial

Objetos xintoístas sagrados dos três principais salões de ritual do Palácio Imperial foram movidos para uma sala temporária esta segunda-feira por causa de uma reforma nos salões originais. Eles passarão por um trabalho de reforço anti-tremores.

É a primeira vez que os objetos sacros são retirados das salas oficiais desde 2004, quando se descobriram as vulnerabilidades a terremotos no local. A prática de mover as peças de adoração se chama “godoza” e é executada por um religioso vestido com uma túnica branca.

Durante o período de reformas, os membros da família imperial farão seus rituais regulares na sala temporária.