Suzuki revela outra razões para afastamento de Ide

Aguri Suzuki, chefe da Super Aguri, destacou outros motivos que fizeram com que o japonês Yuji Ide fosse afastado da Fórmula 1. O piloto perdeu a superlicença da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) devido ao modo perigoso que dirigiu o carro nas quatro primeiras provas do ano.

“Ele não sabia falar inglês direito. Nas conversas dele com a equipe, eu tinha que fazer a tradução. Isso é ruim para ele e para o seu engenheiro de provas”, ressaltou Suzuki. A falta de tempo para Ide treinar também foi um dos motivos apontados pelo chefe da Super Aguri para o péssimo desempenho do japonês.

“Estava muito difícil para ele. Antes do Bahrein (a primeira do ano), ele só havia corrido 200km com um Fórmula 1. Ele não sabia guiar o carro ou aquecer os pneus. Ele precisa treinar mais e nós estamos trabalhando nisso”, frisou Suzuki.