O bebê imperial será um menino ou uma menina?

ReutersA princesa Kiko volta a aparecer em públicoA expectativa continua grande na família imperial: ainda não foi anunciado qual o sexo do bebê que a princesa Kiko está esperando, embora a gravidez já esteja no quinto mês. Esse será o terceiro filho do casal e a chegada de um menino evitaria reformas na lei que só permite homens na sucessão do trono. O problema é que não há o nascimento de meninos desde o príncipe Fumihito, em 1965.

A previsão é de que Kiko dê à luz no fim de setembro, o que já fez com que os ânimos em torno da mudança da lei se acalmassem.

No fim de abril, a princesa participou de um ritual pela boa saúde do bebê. Ao entrar no quinto mês de gravidez, as mulheres no Japão vestem uma tradicional faixa branca na cintura no Dia do Cachorro, considerado de bons presságios para o nascimento, de acordo com o horóscopo oriental. Segundo as tradições de origem chinesa, os cães trazem boa sorte e fazem com que as crianças nasçam mais facilmente e em segurança.

Além disso, a princesa Kiko e seu marido, o príncipe Fumihito, fizeram a primeria viagem noturna, desde que a gravidez foi anunciada. Os dois foram participar da cerimônia que marcaria o aniversário de 1.250 anos da morte do imperador Shomu, no Templo de Todaji. A Agência da Casa Imperial não informou qual seria o trajeto percorrido pelo casal e que Kiko foi aconselhada pelos médicos a não andar muito durante a viagem.

A Agência também nega os rumores que começaram a circular sobre o sexo do bebê, que seria um menino.
Atualmente a lei japonesa não permite que uma mulher ascenda ao Trono de Crisântemo. Um dos principais defensores da mudança na lei de sucessão é o primeiro-ministro Junichiro Koizumi. Ele pretendia que o Parlamento votasse a mudança até junho, mas quando a gravidez foi anunciada, passou a usar um discurso mais cauteloso.
O maior medo dos políticos conservadores japoneses é que a crise da sucessão imperial causasse problemas políticos, principalmente se uma mulher chegasse ao trono.

Reuters
Da esquerda: o casal herdeiro Naruhito e Masako, o príncipe Fumihito, segundo na linha de sucessão, e Kiko

Você pode se interessar também por...