Judocas buscam recuperação após treinos no Brasil

Após duas semanas de treinos no Brasil, com atletas da Seleção Brasileira e lutadores de jiu-jítsu, a Seleção Japonesa de Judô retornou à Narita (Chiba), e sentiu as consequências dos fortes trabalhos. Os atletas Tadahiro Nomura, de 31 anos, e Hiroshi Izumi, 23, estão machucados.

Nomura, tricampeão em Olimpíadas (categoria 60 kg), precisará de uma semana para se recuperar de contusão no cotovelo esquerdo, enquanto Izumi, medalha de prata nas Olimpíadas de Atenas (90 kg), ainda sente dores no ombro direito.

Segundo os médicos, os ferimentos não impedirão os judocas de participar do torneio mundial que acontece na França, em setembro.

Hitoshi Saito, técnico da equipe, mostrou-se contente com os treinamentos realizados no Brasil. “Eles fazem as armações com ritmo diferente do judô. Foi um bom aprendizado”, destacou.