Escola aceita matrícula de menino com distúrbio de identidade sexual

Uma escola em Hyogo aceitou matricular um menino de 7 anos que sofre de transgênero como menina. Segundo o conselho educacional local, ele está levando uma vida letiva normal. Seu nome está na lista de chamada das meninas e ele utiliza os vestiários femininos.

O estudante da segunda série foi diagnosticado como transgênero em um hospital de Osaka antes de entrar na escola, e pediu aos seus pais para ter sua genitália masculina removida.

O conselho educacional começou a estudar o pedido de matrícula do garoto em janeiro de 2005.