Toyota tem péssimo fim de semana

Se pudesse, a Toyota esqueceria o GP da Espanha. Com seus dois pilotos largando entre os dez primeiros, a equipe assistiu a uma disputa particular entre eles que apenas prejudicou a ambos.

Na volta 16, Ralf Schumacher tentou uma ultrapassagem sobre Jarno Trulli e com um toque da roda direita do italiano no bico do seu carro, teve que realizar uma parada.

Pouco depois, seu carro apresentou um problema eletrônico e a prova terminou para o alemão. Trulli, por sua vez, completou a corrida, mas ficou fora da zona de pontuação.

O chefe da equipe japonesa, Tsutomu Tomita, mostrou insatisfação ao comentar o péssimo desempenho da Toyota na Espanha. ¨Parece que vamos precisar gastar muito tempo analisando o que aconteceu de errado hoje¨, concluiu.