Membros da Dieta visitam Yasukuni

Noventa e seis parlamentares japoneses de diferentes partidos fizeram uma visita conjunta ao Santuário Yasukuni sexta-feira 21.
Entre eles, havia secretários parlamentares do Gabinete do primeiro-ministro Koizumi, mas nenhum ministro ou vice-ministro participou dos ritos anuais de primavera do templo.

As visitas de Koizumi ao Yasukuni são um dos principais motivos das tensões entre o Japão e China e Coréia do Sul. Perguntado se irá participar dos ritos de primavera do templo, Koizumi disse que irá decidir se vai “apropriadamente”. O Santuário Yasukuni homenageia 14 criminosos de guerra de alto-escalão junto a vítimas comuns.