Japão suspende ajuda financeira à Palestina

O Japão anunciou terça-feira 18 que vai suspender o auxílio finaceiro para a Autoridade Nacional Palestina (ANP) depois do último atentado suicida esta semana em Tel Aviv, Israel, no qual nove pessoas morreram e pelo menos 60 ficaram feridas.

O corte foi decidido porque o Hamas defendeu a ação, que classificou como “resultado natural dos crimes contínuos de Israel”. A ajuda humanitária, no entanto, será mantida. O governo japonês é um dos principais doadores da ANP.