NHK recebe enxurrada de reclamações

Desde que divulgou terça-feira 11 que um de seus produtores-chefes embolsou mais de 17 milhões de ienes através de falsas viagens a trabalho, a emissora de TV pública do Japão, a NHK, recebeu pelo menos 410 reclamações de espectadores indignados com o ocorrido, segundo o jornal Mainichi.

Entre janeiro de 2001 e abril deste ano, o produtor em questão falsificou 242 viagens e desviou um total de 17,62 milhões de ienes em despesas. Muitos telespectadores têm se recusado a pagar a assinatura do canal depois que o caso se tornou público.