Japão bate recorde de violação aos direitos humanos

O número de violações dos direitos humanos no Japão reportadas às regionais do Ministério da Justiça em 2005 foi de 23.800 casos, número recorde no país. Houve um aumento de 4% nos casos em relação ao ano anterior. Cerca de 10% dos violadores foram servidores públicos e professores.

Por gênero, os casos de assédio sexual e outras ações forçosas computaram 7.144 , agressão e abuso físico chegaram em 5.040 e barulho e outras perturbações à segurança comunitária marcaram 4.790.