Quer viajar ao Japão?

0203_quer_mapa.jpg

Conhecer o Japão, terra dos samurais, das gueixas e das tecnologias do futuro, é o sonho de muitos nikkeis e não-descendentes. Mas a dificuldade do idioma, o complexo sistema de transportes do país e o alto custo de passagens e estadias em hotéis são alguns dos empecilhos para que esse sonho se torne realidade. A boa notícia é que, atualmente, é possível fazer uma bela viagem ao arquipélago – e contar com toda uma infra-estrutura para quem não vai além do arigatô nesse idioma – de maneira segura e até mesmo divertida: fazendo um pacote turístico por meio de uma agência brasileira.

Para embarcar nessa aventura, esqueça os preconceitos sobre as viagens de excursão, como um grupo grande e, muitas vezes, chato, a obrigatoriedade de seguir um roteiro não tão interessante a todos e as cansativas brincadeiras em um ônibus com o ar-condicionado no máximo.

As agências de viagem que trabalham com pacotes para o Japão contam com programações cada vez mais variadas e sofisticadas para realizar o sonho de quem quer conhecer o arquipélago. A língua, o transporte, a hospedagem e os costumes deixam de ser barreiras, uma vez que contam com um serviço de guia e tradutores que faz parte desses pacotes turísticos.

As viagens variam de 10 a 15 dias, podendo ser complementadas com pacotes adicionais. Ou seja, quem programou uma viagem às principais cidades japonesas, mas quer conhecer as regiões de extremo-norte e extremo-sul do Japão, como Hokkaido e Okinawa, pode incluí-las em seu roteiro.

Em algumas operadoras,o turista tem a possibilidade de adiar a data da passagem de volta. “Assim, a pessoa pode aproveitar para fazer uma visita aos parentes que moram lá”, diz a gerente de operações Keiko Ogura.

Todas essas mordomias não impedem que o turista tenha um contato mais profundo com a cultura japonesa. Estadias em ryokans, hospedarias tipicamente japonesas, jantares japoneses e utilização de transportes públicos fazem parte da programação. Para as viagens de trem que passam por mais de uma cidade, por exemplo, as bagagens são transportadas diretamente ao destino final visando maior comodidade e segurança. Todas as atividades são acompanhadas por guias que falam português ou inglês. Confira, a seguir, um roteiro com os lugares imperdíveis do Japão e boa viagem!

Páginas: 1 2 3

Você pode se interessar também por...