A sedução das gueixas

1227_gueixa.jpgBelas, femininas e misteriosas, as gueixas e seu mundo reservado sempre foram motivo de curiosidade entre os japoneses e também no Ocidente. Essas mulheres desfrutam glamour e prestígio proporcionado por quimonos carís­simos, banquetes e a companhia dos homens mais poderosos do Japão. Mas a vida de uma gueixa não é somente luxo e osten­tação. É preciso anos de treino nas artes da dança, do canto e da música para deixar de ser uma maiko (aprendiz) e se tor­nar profissional.

Vestida para agradar
A gueixa deve cuidar dos mínimos detalhes da aparência. Cada uma tem cerca de 12 quimonos, que custam um milhão de ienes. O obi adornado é para as ocasiões especiais.

Pele branca
1227_gueixa_pelebranca.jpg
A pele é coberta com uma tintura branca, para se igualar à tez alva das européias do século 17. Uma parte da nuca é deixada sem pintura, o que garante sensualidade extra.

Cabelos ou peruca?
1227_gueixa_travesseiro.jpgOs cabelos devem ser mantidos compridos, para que se possa fazer o penteado tradicional. De cabelos arrumados, a gueixa deve tomar cuidado para não desfazê-los na hora de dormir. Por isso, acomoda a cabeca em uma espécie de travesseiro de madeira.

É desconfortável, porém eficaz. Se os cabelos estiverem curtos, a gueixa usa perucas que chegam a custar mais de 300 mil ienes.

Delicadeza nos pés
1227_gueixa_pes.jpg
Os graciosos tamancos que as gueixas calçam são chamados pokkuri e são sempre usados com meias.

Entretenimento dos poderosos

1227_gueixa_poderosos.jpg

As gueixas são responsáveis pelo entretenimento dos homens mais influentes do Japão e por fazer com que eles esqueçam o mundo exterior nos ocha-yas, casas de chá onde vivem e recebem seus clientes. A função delas é dançar, tocar shamisen e cantar.

Você pode se interessar também por...