Celebridade Estudantil

Como a reportagem “Os CDFs não são mais os mesmos” (edição 87 da Made in Japan) previa, o nikkei Daigo Hirama, 19 anos, deu um show nos vestibulares. Ele conquistou o primeiro lugar no vestibular do Instituto Militar de Engenharia (IME) e foi aprovado no Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) e seu rosto pode ser visto em outdoors, anúncios de revistas e comerciais de televisão. Ex-aluno do colégio Objetivo, Daigo diz não se importar com a “recente fama” e muito menos com os que taxam ele de cdf. Confira a entrevista que ele deu a Made in Japan.

MJ:­ Como foi sua preparação para o vestibular?
Daigo:­ Foi algo contínuo. Tentei me focar mais nos estudos em humanas, que é o que mais sinto dificuldade. Exatas não precisou tanto, porque sempre estudo para as Olimpíadas de Matemática. Algo que gosto de fazer.

MJ: Quantos vestibulares prestou?
Daigo:­ Ao todo, foram seis.

MJ: Qual a melhor colocação?
Daigo ­ Alguns vestibulares não dizem a colocação dos que passaram, mas fui o primeiro colocado no IME (Instituto Militar de Engenharia) esse ano.

MJ: Já sabe qual faculdade vai cursar?
Daigo: Pretendo ir para o ITA, onde prestei engenharia elétrica e passei.

MJ: Ficou nervoso durantes as provas?
Daigo:­ Fiquei mais nervoso durante a prova da Unicamp, porque era a faculdade que eu inicialmente pensei em fazer.

MJ: Quantos pontos fez na Fuvest?
Daigo:­ Fiz 92 pontos de 100 na primeira fase. Acho que no final fiquei com 94 contando o Enem.

MJ: Qual a prova da Fuvest da segunda fase que achou mais difícil?
Daigo:­ Acho que a de química estava um pouco complicada