Kabuki

kabuki_ichikawa-ebizoO kabuki é um estilo japonês de expressão teatral com tradição de mais de quatro séculos, no qual apenas homens podem atuar.

Se até hoje o kabuki é uma arte estritamente masculina, ironicamente o espetáculo nasceu por criação das mulheres.

Os primeiros registros sobre esse tipo de teatro datam de 1603, em Kyoto, antiga capital do Japão. Na época, havia uma restrição religiosa que proibia qualquer apresentação feminina em público. Por isso, elas se travestiam de homens para dançar para o público masculino das casas de chá.

Com o tempo, no entanto, esse tipo de encenação se aproximou muito da prostituição, o que levou o governo a coibi-lo.

Com isso, as mulheres foram sumindo dos palcos para dar lugar apenas aos homens, que, por sua vez, passaram a se travestir para interpretar personagens femininos. Surgiram os onnagata, atores especializados em papéis de mulheres.

Apesar do peso da tradição, o kabuki foi se transformando com o tempo. Suas regras foram sendo modificadas e, atualmente, cada ator tem a missão de acrescentar sua característica pessoal para que a arte se modernize.