Kagoshima

0318_kagoshima_01.jpg

Visitar Kagoshima é ter a chance de ver um vulcão ao vivo e a cores. Sim, é preciso uma certa dose de coragem. Mas quem se arriscou, garante: vale muito a pena. O vulcão Sakurajima, no Monte Shiroyama, fica sob constante ameaça de erupção. Mas os 500 mil habitantes de Kagoshima parecem ter se acostumado ao perigo iminente. Uma das maiores erupções ocorreu em 1914, quando o Sakurajima expeliu 3 bilhões de toneladas de lava. A quantidade foi tanta que acabou fechando um canal de 5m de largura que separava o vulcão e a península vizinha, que era uma ilha, e, hoje, faz parte da cidade. Não é à toa que a cidade é conhecida como “Nápoles do Oriente”, numa alusão ao Vesúvio italiano. O clima tropical e o colorido da grande quantidade de flores ajudam a reforçar o apelido dessa cidade localizada no extremo sul do arquipélago. O vulcão também é considerado um símbolo da energia e força interior dos seus moradores, sobretudo das pessoas que se destacaram na história do país.

Devido à atividade vulcânica na região, Kagoshima conta com vários onsen que possuem finalidades terapêuticas
Devido à atividade vulcânica na região, Kagoshima conta com vários onsen que possuem finalidades terapêuticas

Os personagens mais conhecidos da cidade são os que fizeram parte da família Shimazu, que governou Kagoshima durante 695 anos, por 5 gerações. O clã foi um dos responsáveis por iniciar a modernização do país. Em meados do século 19, os Shimazu criaram a primeira fábrica japonesa em estilo ocidental, que produzia armamentos bélicos, ferramentas agrícolas e cerâmica.

As marcas do passado ea constante presença do vulcão no cotidiano dos seus habitantes transformaram Kagoshima em um curioso e imperdível ponto turístico do Japão.

Para quem quer relaxar, Kagoshima oferece um programa especial: se enterrar na areia. Aquecida pelas fontes termais subterrâneas, esta areia escura é conhecida por suas propriedades terapêuticas, indicada para problemas gastrointestinais, nevralgias e disfunções femininas
Para quem quer relaxar, Kagoshima oferece um programa especial: se enterrar na areia. Aquecida pelas fontes termais subterrâneas, esta areia escura é conhecida por suas propriedades terapêuticas, indicada para problemas gastrointestinais, nevralgias e disfunções femininas