Tóquio – história e modernidade

Estação de Tóquio

Tóquio é o berço da modernidade. A capital do Japão é um dos principais destinos para quem quer descobrir ou criar estilos de roupas e acessórios, assim como ficar por dentro das novidades tecnológicas.

Antes conhecida como Edo, a região passou a ser chamada de Tóquio após 1868, quando o imperador Meiji iniciou o processo de renovação do país, se mudou para Tóquio e lhe deu o novo nome que significa “Capital do Leste”.

Até então, o Castelo de Edo já era o centro administrativo do Japão e o desenvolvimento da região foi tamanho que, em 1914, foi inaugurada a Estação de Tóquio. No entanto, a área ainda sofreu com grandes perdas e dificuldades. Em 1923, por exemplo, o terremoto que atingiu a região de Kanto deixou Tóquio destruída e levou anos para se reerguer.

Após os eventos da Segunda Guerra Mundial, em 1945, a cidade passou por outro período de reconstrução. Mesmo assim, as oportunidades econômicas dos anos 50 e 60 ajudaram a população a voltar a se sentir confortável e segura para morar e trabalhar na região.

Desde então, mesmo com altos e baixos econômicos, Tóquio é o centro das modernidades. Com um sistema de transporte público bem estabelecido, é difícil encontrar um lugar que não se possa ir de metrô ou trem.

Seja durante o dia ou a noite, sempre é possível encontrar um lugar para caminhar, conhecer e se divertir. Visitar Tóquio é, na verdade, viver Tóquio, uma experiência que se sente por completo e pode trazer memórias inesquecíveis.

vista do prédio comercial Hamamatsu-cho em Tóquio

Continue descobrindo mais detalhes sobre Tóquio nos textos que deixamos listados abaixo.

Leia mais sobre Tóquio

.: Japan Guide – Terremoto de Kanto em 1923 (em inglês)
.: Japan Guide – Sobre a Restauração Meiji (em inglês)

Fonte: Japan Guide

Você pode se interessar também por...