Akihabara – Nasce o paraíso eletrônico

Por: Andreia Ferreira

akihabara-rua

Akihabara nos dias de hoje é o centro eletrônico de todas as formas possíveis, comercializando desde peças para rádios até games de última geração. São mais de 60 anos de história em cada rua e prédio com letreiros coloridos da região.

No final da década de 40, com o fim da Segunda Guerra Mundial, a fonte de informação mais rápida era o rádio. Algumas lojas surgiram aos arredores da estação Akihabara e isso fez com que a região ficasse conhecida como “Rádio Center”.

Alguns anos mais tarde, outros eletrodomésticos começaram a ser comercializados, abrindo caminhos para lojas de peças, aparelhos novos e consertos. Cafés e restaurantes cresceram em número atendendo à demanda de passantes pelo local e cada vez mais prédios comerciais surgiram.

Com os anos 80, vieram os computadores que tomaram várias lojas com aparelhos novos e os fãs da novidade que não só compravam como trocavam peças e testavam suas criações ali.

Fachada da loja Toranoana ao anoitecer

Fachada da loja Toranoana ao anoitecer

O novo milênio trouxe avanços cada vez mais notáveis e Akihabara, um passo à frente, já apresentava peças e suporte para essas novidades. Robôs conquistaram espaço e lojas de colecionáveis cresceram em meio a lojas de mangás e games, desde as mais especifica para criadores até aquelas voltadas a consumidores finais.

O lugar se tornou referência para novidades e também para melhorias, e os prédios que recebem as empresas cada vez mais ficaram conhecidos pelos gigantescos letreiros em outdoors coloridos que iluminam a já brilhante noite de Tóquio.

Conteúdo publicado originalmente na edição #140 da revista Made in Japan.

 

Você pode se interessar também por...

  • Edilson do Nacimento Barbosa

    A Meca de todos que gostam de eletrônico, animes/mangás, J-Music…se Deus quiser um dia vou peregrinar em Akihabara, quando eu for visitar o Japão.